Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mais Conhecimento

Mais Conhecimento

A gripe é apenas uma versão agravada da constipação vulgar?

Se temos o nariz entupido e a garganta irritada, podemos não saber (nem nos importarmos) se se trata de uma gripe ou de uma constipação: ambas as doenças causam-nos um mal-estar semelhante. No entanto, a gripe e as constipações são causadas por vírus diferentes. A gripe tem sintomas próprios, desde as dores de cabeça, os arrepios, a irritação dos olhos e as dores musculares generalizadas até uma grande fadiga e temperaturas de 39º ou superiores.

 

Gripe

 

A gripe é considerada uma doença potencialmente perigosa para as crianças muito novas, para os idosos e para os que sofrem de afeções crónicas do coração ou dos pulmões. Alguns médicos recomendam para estes três grupos de pessoas a vacinação anual contra as estirpes mais ativas de vírus da gripe.

Podemos constipar-nos por termos os pés molhados?

Pés molhados

 

Tanto quanto os especialistas saibam, não há relação direta entre apanharmos uma constipação e o facto de termos os pés molhados, de andarmos à chuva ou de nos colocarmos numa corrente de ar. Há alguns anos, investigadores ingleses procederam a uma experiência complexa para descobrir os efeitos do resfriamento e das más condições sociais num grupo de voluntários. Dividindo-os em três subgrupos, inocularam uns com vírus da constipação e expuseram-nos ao frio durante meia hora, vestidos com fatos de banho molhados. O segundo subgrupo foi exposto à mesma situação, mas não foi inoculado. O terceiro foi inoculado com o vírus da constipação, mas manteve-se seco e confortável. Algum tempo depois, os indivíduos do primeiro e terceiro subgrupos apresentaram sintomas de constipação, ao passo que os do segundo subgrupo, os dos fatos de banho molhados, que não foram inoculados, permaneceram saudáveis.

Que provoca a tosse?

A tosse assemelha-se muito ao espirro, mas as substâncias irritantes que a provocam encontram-se agora mais profundamente situadas na parte inferior do sistema respiratório - a laringe, a traqueia e os brônquios.

 

Tosse

 

Os médicos encaram a tosse com apreensão se esta persiste por mais de duas semanas. A tosse violenta pode lesionar as cordas vocais, os brônquios ou os pulmões. Em casos extremos, pode ainda quebrar costelas e esforçar os músculos abdominais, a ponto de provocar a sua ruptura. No mínimo, a tosse prejudica o sono. A tosse crónica é por vezes um sintoma de doenças subjacentes que podem ser sérias, tais como sinusite, asma, alergias, tuberculose, enfisema ou cancro do pulmão.

Nefertiti Revelada - Rainha Misteriosa - Quem era Nefertiti

Nefertiti

 

Segundo a lenda, o Egito nunca produziu beleza igual. Seu nome significava «a perfeita chegou». O seu rosto adornava templos em todo o país. Mas ela desapareceu da história como uma miragem.

 

Nascida no ano 1380 a.C., Nefertiti foi uma rainha egípcia da XVIII dinastia. Foi a esposa do notável e importantíssimo faraó Akhenaton.

 

Que acontece quando estamos com soluços?

O soluço é um fenómeno constituído por duas fases. Primeiro, o diafragma contrai-se involuntariamente porque os nervos que o comandam foram estimulados devido a termos comido apressadamente ou por qualquer outra razão. Depois, quando o ar é inspirado, o espaço entre as cordas vocais na parte posterior da garganta fecha-se repentinamente com um som característico.

 

Soluços

 

Há muitos remédios para os soluços. Algumas pessoas bebem um copo de água sem respirar. Outras deixam de respirar até que os soluços passem. Estas técnicas poderão restaurar o ritmo normal dos movimentos do diafragma na medida em que reduzem o fornecimento de oxigénio e aumentam o nível de dióxido de carbono.

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D